Técnico Adilson Batista festeja bom momento do Vasco na Série B

'Eu vou pensar jogo a jogo, mas o momento é bom, e vamos tentar tirar proveito disso em campo', disse o técnico do time carioca

Estadão Conteúdo

10 de agosto de 2014 | 10h28

O objetivo de colocar o Vasco entre os quatro primeiros colocados da Série B, que garantem vaga na divisão de elite do futebol brasileiro em 2015, ainda não foi alcançado, mas o técnico Adilson Batista festeja o bom momento do time, mesmo que evite traçar metas para a sequência da competição.

"Eu vou pensar jogo a jogo, mas o momento é bom, e vamos tentar tirar proveito disso em campo. Tenho como meta e objetivo o jogo do Náutico e depois vou pensar em vencer no sábado (Contra o Ceará)", disse.

No último sábado, 9, o Vasco derrotou o ABC por 2 a 1 na Arena das Dunas, em Natal, e atingiu o quinto lugar na Série B, com 25 pontos. O time soma três vitórias e dois empates desde a retomada da competição após a Copa do Mundo e atingirá a segunda colocação se vencer o Náutico na próxima terça-feira, na Arena Pernambuco, se vencer o Náutico em partida adiada da quinta rodada.

Após o jogo, Adilson comemorou o triunfo sobre o ABC e só lamentou a pressão que o time sofreu no final do segundo tempo. "Foi uma vitória importante. Vencemos e esse era o objetivo. Quero parabenizar a luta de todos! É manter mais a regularidade, não correr tanto risco na partida, não dar tanto espaço", disse

Adilson explicou que Kleber foi substituído no intervalo em razão de dores na coxa esquerda, mas espera contar com o atacante no duelo com o Náutico. "O Kléber sentiu um desconforto e optei por tirá-lo de campo. Temos que dar uma segurada até a volta do Thalles, tem que dosar a entrada deles (Lucas Crispim e Kléber)", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSérie BVascoAdilson Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.