Damir Sagolj/Reuters
Damir Sagolj/Reuters

Técnico admite atuação ruim, mas diz que vitória nos pênaltis fortalece Croácia

Zlatko Dalic avaliou que a atuação convincente na 1ª fase não se repetiu contra a Dinamarca, que anulou a criatividade croata

Estadão Conteúdo

01 Julho 2018 | 20h13

O técnico da Croácia, Zlatko Dalic, reconheceu que sua equipe não fez um bom jogo diante da Dinamarca, neste domingo, em Nijni Novgorod. Após empate por 1 a 1 até a prorrogação, os croatas só foram triunfar com uma vitória nos pênaltis por 3 a 2. Segundo o treinador, passar por momentos difíceis fortalece o psicológico do time.

+ Croácia bate Dinamarca nos pênaltis e pegará a Rússia nas quartas da Copa

+ TEMPO REAL - Croácia 1 (3) x (2) 1 Dinamarca

+ Akinfeev pega dois pênaltis e Rússia elimina a Espanha na Copa do Mundo

"Permanecemos mentalmente fortes, controlados e acabamos por vencer. Esta é uma recompensa para todo o nosso trabalho duro, e isso torna tudo mais doce", afirmou Dalic.

O treinador avaliou que a atuação convincente nas três vitórias da primeira fase, sobre Argentina, Nigéria e Islândia, não se repetiu contra a Dinamarca, que anulou a criatividade de seu meio de campo.

"Até agora jogamos bem e vencemos de maneira superior. Mas você tem de ter momentos difíceis. Nós não jogamos um ótimo jogo, não como o nível dos nossos três primeiros jogos. Minha fé em meus jogadores é ainda mais forte depois de um jogo como esse", discorreu Dalic.

 

O comandante croata ainda elogiou o goleiro Danijel Subasic, que defendeu três pênaltis na decisão, depois de vacilar em bola defensável no gol da Dinamarca, no primeiro minuto de jogo.

"Ele foi um herói. Salvou três penalidades na decisão e você não vê isso todos os dias. Ele esteve lá quando precisávamos. Parabéns para ele", concluiu o técnico.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.