Técnico admite erros em novo tropeço do Inter: 'Hoje eu fui o besta'

Equipe de Guto Ferreira não passa pelo CRB e perde por 2 a 0 em Maceió

Estadao Conteudo

16 de julho de 2017 | 08h38

O técnico Guto Ferreira tentou encarar com bom humor o novo tropeço do Internacional na Série B do Campeonato Brasileiro. Após a derrota por 2 a 0 para o CRB, em Maceió, o treinador admitiu que não teve sucesso em suas substituições ao longo da partida e brincou com os erros: "Hoje eu fui o besta".

"Tivemos que abrir o time. O Cláudio [Winck] vinha tendo dificuldade na beirada do campo e o Edenilson costuma passar bem por ali. Com o Carlos a gente queria ter mais uma opção na frente. É aquela história, quando acerta você é bestial e é besta quando erra. Hoje eu fui o besta", disse o treinador.

Guto Ferreira evitou dar maiores explicações para a derrota fora de casa. Reconheceu apenas que "faltou muita coisa" ao time neste sábado. "Faltou muita coisa. Até começamos criando algumas situações, mas no decorrer do jogo a coisa não fluiu como esperávamos. Ficamos aquém no jogo e fomos batidos."

O revés não apenas manteve o Inter fora do G4 como afastou a equipe gaúcha da zona de acesso. O time aparece agora na sétima colocação, com 21 pontos, dois a menos que o CRB, que é a primeira equipe dentro do G4.

"Agora é olhar para frente e buscar fazer dentro de casa o que a gente não vem fazendo. Temos de buscar em casa pontos que não podemos mais perder. A campanha fora é boa, nos colocaria na Série A. Em casa é péssima e temos de buscar melhoria de desempenho e resultados", cobrou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.