Técnico Alfio Basile quer comandar clube da Inglaterra

Pouco mais de dois meses após renunciar ao cargo de técnico da seleção da Argentina, Alfio Basile afirmou nesta quarta-feira que voltará à ativa e estuda ofertas de clubes da Inglaterra e dos Emirados Árabes Unidos. Foi a primeira vez que Basile se manifestou após a sua demissão, motivada pela derrota da equipe argentina por 1 a 0 para o Chile, no dia 16 de outubro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Seu cargo foi ocupado por Diego Maradona. "Gostaria de trabalhar na Inglaterra", declarou o treinador ao canal esportivo TyC. Basile também informou que recebeu propostas dos Emirados Árabes. O treinador já comandou vários times argentinos, entre eles o Boca Juniors, nos títulos nacionais de 2005 e 2006. Também já atuou na Espanha, México e Uruguai.Questionado sobre o motivo da sua demissão, Basile disse que já havia tomado a decisão antes da derrota para os chilenos. "Não estou arrependido de ter renunciado", ressaltou.O técnico evitou comentar a demissão e deixou claro que não foram os jogadores a causa de sua saída. "Eles não influenciaram. Eles se sacrificaram, vieram de todas as partes do mundo. Mas não dá para ter afinidade com eles porque eu nunca os via. Cada um estava com o seu time e vinham para a seleção porque são boas pessoas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.