Técnico anuncia saída da Austrália após Copa do Mundo

Pim Verbeek vai deixar o comando da Austrália após a disputa da Copa do Mundo, na África do Sul. O treinador anunciou sua decisão nesta segunda-feira através de um comunicado oficial divulgado pela Federação de Futebol da Austrália (FFA).

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 09h42

"Foi uma decisão muito difícil para mim depois de dois anos, mas é a hora de eu procurar um novo desafio", afirmou

Verbeek, que pediu demissão da Coreia do Sul para assumir o cargo na Austrália em dezembro de 2007.

"Eu sempre gostei de ser o técnico da Austrália, e nós conseguimos alguns resultados fantásticos, incluindo a

qualificação para a Copa do Mundo e a Copa da Ásia. É um bom momento para fazer este anúncio para que possamos agora

Nos concentrar totalmente na preparação para a Copa do Mundo", completou.

Verbeek dirigiu a Austrália em 27 partidas, com 15 vitórias, oito empates e quatro derrotas. Frank Lowy, presidente da FFA, elogiou o trabalho do treinador. "Sob sua liderança, a equipe tem conseguido tudo o que buscamos alcançar e espero que ele tenha a equipe pronta para realizar o melhor na África do Sul", disse o dirigente, que agora procura um substituto para o cargo de treinador da seleção australiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.