Técnico belga diz que Courtois voltará ao Chelsea

O técnico da Bélgica, Marc Wilmots, deixou claro qual deve ser o destino do goleiro Thibaut Courtois na próxima temporada do futebol europeu. Segundo o treinador, o titular da seleção belga na Copa do Mundo vai retornar ao Chelsea, com quem tem vínculo, diminuindo a esperança do Atlético de Madrid em renovar seu empréstimo.

AE, Agência Estado

23 de junho de 2014 | 10h05

"Sim, ele vai voltar para o Chelsea", disse Wilmots no domingo, em entrevista à emissora belga Radio Télévision Belge Francophone (RTBF) após vitória de sua seleção contra a Rússia, por 1 a 0. Questionado se o checo Petr Cech - titular do clube inglês desde 2004 - seria vendido, o técnico não deu garantias, mas respondeu afirmativamente: "Sim, é uma possibilidade".

O testemunho de Wilmots ratifica as declarações de José Mourinho, treinador do Chelsea, sobre o assunto. O português já afirmou que quer contar com Courtois depois da Copa do Mundo, embora não tenha comentado o que faria com Cech. Talvez conformado com a perda do goleiro, o Atlético de Madrid contratou do Getafe o espanhol Miguel Ángel Moya para a posição.

Revelado pelo Genk, da Bélgica, Courtois teve seu vínculo comprado pelo Chelsea em 2011, mas imediatamente foi emprestado para o Atlético porque Cech era o titular absoluto. No clube espanhol, o belga se destacou com títulos da Liga Europa e da Supercopa da Europa, em 2012, da Copa do Rei, em 2013, e do Campeonato Espanhol, em 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChelseaCourtois

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.