Técnico Brendan Rodgers rejeita especulação sobre crise no Liverpool

O técnico do Liverpool, Brendan Rodgers, defendeu seus jogadores mediante relatos da mídia de uma crise interna no elenco após a derrota por 4 x 1 para o Arsenal no fim de semana, o segundo revés consecutivo do time no Campeonato Inglês.

DOUGLAS BEATTIE, REUTERS

06 de abril de 2015 | 09h55

Falando com repórteres sobre a segunda partida das quartas de final da Copa da Liga da Inglaterra, na quarta-feira, contra o Blackburn Rovers, Rodgers elogiou "jogadores que trabalham sem descanso todo dia e dão o seu melhor".

Perguntado se uma "reunião sobre a crise" aconteceu no centro de treinamento de Melwood, o técnico acrescentou: "Não é verdade, foram só análises de performances e de onde estamos".

Rodgers disse que o Liverpool, que está a sete pontos da zona de classificação para a Liga dos Campeões, iria focar no confronto contra o Blackburn.

"Para nós é um objetivo forte ir bem nas competições de Copa, e esta é uma oportunidade para irmos para outra semifinal", disse.

Rodgers espera uma partida difícil após o empate por 0 x 0 no jogo de ida no Anfield, no mês passado.

"Eles têm jogadores excelentes e defenderam bem quando vieram para Anfield", disse. "Vamos para lá muito focados e determinados e não podemos esperar para jogar de novo após o desapontamento do fim de semana".

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESARSENALRODGERS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.