Técnico checo não confirma presença de Baros contra Itália

O técnico da seleção da República Checa, Karel Bruckner, disse nesta quarta-feira que a decisão de escalar o atacante Milan Baros, na partida diante da Itália, nesta quinta, será tomada momentos antes do jogo. "Só vamos definir a possibilidade de integrar Baros na equipe titular depois do último treinamento", declarou o treinador.Mas ele se negou a dar informações sobre o estado do jogador, que machucou o pé direito em amistoso realizado contra Trinidad e Tobago, antes da Copa. E tampouco comentou as condições de Jan Koller, que lesionou a coxa da perna direita na partida de estréia, contra os Estados Unidos. "Se tirarmos os dois jogadores suspensos, Lovkenc e Ujfalusi, eu conto com os 21 atletas restantes para a partida contra a Itália".Baros declarou que espera jogar, embora não esteja em 100% de suas condições físicas. Por sua vez, Koller sonha com a volta em uma eventual partida de oitavas-de-final.O grupo E é o mais equilibrado desta primeira fase do Mundial. A Itália lidera a chave, com quatro pontos. República Checa e Gana dividem a vice-liderança, com três pontos. E até os Estados Unidos, com apenas um ponto, ainda tem chances de se classificar para as oitavas-de-final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.