Técnico croata teme possível "humilhação" contra o Brasil

O técnico da Croácia, Zlatko Kranjcar, admitiu neste sábado que as possibilidades de sua equipe de vencer o Brasil são quase nulas, e que o objetivo na partida não é obter os três pontos, mas evitar fazer um papelão. "Buscaremos a vitória, mas não será uma tragédia se perdermos para a equipe que quase todos consideram uma das melhores seleções brasileiras da história".Para o treinador, "é importante não sermos humilhados, já que isso seria um golpe duro para o moral do grupo". Mas esclareceu: "não estou jogando a toalha ao dizer que podemos perder; estamos com o moral alto e sabemos que teremos ainda dois jogos para tentarmos obter a classificação".A Croácia, que participa de seu terceiro Mundial e foi semifinalista na Copa de 1998, fará a estréia no grupo F contra o Brasil, na próxima terça-feira, em Berlim. Os outros componentes da chave são Japão e Austrália.O pessimismo com relação ao jogo não é exclusivo do treinador. A principal rede de supermercados da Croácia, a Konzum, está oferecendo aparelhos de televisão gratuitos a seus clientes se a seleção local vencer o Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.