Técnico Cuca espera semana conturbada no Flamengo

Assim são as coisas no Flamengo. Mesmo dono da melhor campanha no Campeonato Carioca, somando-se os dois turnos, com 24 pontos conquistados, o técnico Cuca balança no cargo. Isso porque, apesar dos números positivos, o time ainda não apresentou um futebol vistoso e satisfatório. A única derrota na competição aconteceu justamente na semifinal da Taça Guanabara, e para um time pequeno: 3 a 1 para o Resende.

LEAONARDO MAIA, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 20h09

Cuca sabe, portanto, ter diante de si uma semana fundamental, que culminará com o clássico de domingo, contra o Vasco, no Maracanã. Um novo insucesso, seguindo-se ao empate por 1 a 1 com o Tigres, pior time do Estadual, tem tudo para custar o emprego do treinador, que se mostra inseguro durante as entrevistas que concede.

"Deveria ser uma semana tranquila e não vai ser. Mas estamos acostumados com isso no Flamengo", comentou Cuca nesta segunda-feira. "Precisaremos correr um pouco mais e temos condições de fazer isso", cobrou.

POSSÍVEL RETORNO - Para buscar a vitória no clássico, Cuca espera contar com a volta de Ronaldo Angelim à zaga. O jogador, recuperado de uma cirurgia na coxa, está liberado para retornar aos treinamentos. Seu desempenho durante a semana ditará se está apto a enfrentar os vascaínos no domingo.

Caso não possa atuar, o jovem Welinton continuará a formar a dupla defensiva com Fábio Luciano. Quem tem volta garantida é o meia Ibson, que cumpriu suspensão contra o Tigres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.