Técnico da Austrália pede cautela a seus jogadores

O técnico da Austrália, Guus Hiddink, pediu a seus jogadores que tenham cautela no jogo do dia 12, contra o Japão. O medo de Hiddink é de que as punições por faltas disciplinares possam atrapalhar sua caminhada. ?Como os jogadores da Austrália têm reputação de entrar duro, minha preocupação é que eles chamem a atenção dos árbitros. Isso pode atrapalhar.? Para a estréia do time, apesar de contar com jogadores da Liga Inglesa como Harry Kewell e Mark Viduka, que são bastante conhecidos, Hiddink deve arriscar em escalar Joshua Kennedy no ataque. Pouca gente havia escutado falar de Kennedy, até que o técnico o convocou para o Mundial. No amistoso contra Liechtenstein, ele mostrou ser um bom cabeceador. ?Por sorte, o jogador mais alto do Japão mede 1,90m, nisso levo vantagem?, afirmou o atacante, de 1,95 metro. ?Eu demonstrei no último jogo que as bolas dentro da área eram sempre minhas?, finalizou Kennedy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.