Técnico da China faz limpa no elenco após desastre em Dubai

Sérvio Vladimir Petrovic afasta sete jogadores do time principal da seleção chinesa

Efe

17 de janeiro de 2008 | 16h35

O sérvio Vladimir Petrovic, técnico da seleção chinesa, decidiu afastar sete jogadores após a goleada de 4 a 0 para o Hamburgo pelo Torneio de Dubai, que também contou com o Vasco. A notícia chega no pior momento possível: faltam três semanas para o início das Eliminatórias Asiáticas do Mundial de 2010, na África do Sul, e a China está no chamado grupo da morte, com Iraque, Austrália e Catar.Os zagueiros Du Wei e Zhang Yaokun, que ultimamente vinham atuando como titulares, foram apontados como principais culpados pela goleada, que garantiu o título aos alemães - o Vasco foi vice. Os outros afastados são Lu Bofei, Sun Ji, Yang Li, Wan Wanpeng e Li Jianhua."Se não agirmos assim neste momento, como vamos ser capazes de nos classificarmos para a Copa do Mundo?", questionou Wei Shaohui em nota divulgada no site da federação.A China só foi à Copa do Mundo uma vez, em 2002, e aproveitou que Japão e Coréia do Sul estavam classificadas como países-sede para levar uma vida mais fácil. No entanto, a seleção decepcionou e acabou com três derrotas, nove gols sofridos e nenhum marcado. Uma das partidas foi a goleada de 4 a 0 para o Brasil, que viria a ser campeão.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinafutebolFifaTorneio de Dubai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.