Técnico da Croácia ainda acha que pode vencer o Brasil

A primeira adversária do Brasil na Copa do Mundo, a Croácia, foi derrotada nesta quarta-feira por 2 a 1 pela Espanha, em seu último amistoso antes do Mundial. Mas o técnico da equipe croata, Zlatko Kranjcar, não perde o otimismo. "Vamos corrigir os erros na defesa e ainda acredito que podemos parar o ataque brasileiro. Já fizemos isso uma vez (em um amistoso no ano passado) e vamos fazê-lo de novo", disse Kranjcar ao Portal Estadão. "O resultado dessa partida não importa. O que importa é que vamos organizar nossa defesa para não voltar a cometer os mesmos erros", continuou o técnico. "A Espanha joga como o Brasil e vimos que tiveram dificuldades para marcar contra nosso gol. Por isso, também espero que, ao acertar os detalhes, possamos neutralizar o ataque brasileiro", afirmou o goleiro Pletikosa. O atacante Prso foi menos otimista. "Essa derrota não afeta nossa moral, mas sabemos que jogar contra o Brasil será bem mais duro que atuar contra a Espanha" disse. O time croata entrou em campo com a equipe que provavelmente enfrentará o Brasil no dia 13 em Berlim, com Pletikosa no gol, Simic, Robert Kovac, Tudor e Simic; Babic, Niko Kovac, Leko e Kranjcar; Klasnic e Prso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.