Técnico da Croácia diz que Ronaldinho Gaúcho é a diferença

O técnico da Croácia, Zlato Kranjcar, disse nesse domingo que o meia Ronaldinho Gaúcho será adiferença na partida contra o Brasil, marcada para a próxima terça, na estréia das duas seleções pelo grupo F. "A diferença é Ronaldinho Gaúcho, e ele vai jogar", afirmou o treinador, ressaltando que seus comandados não entrarão no campo do Estádio Olímpico de Berlim já derrotados."Não estamos desistindo. Como pudemos ver ontem (sábado), surpresas podem acontecer", destacou Kranjcar, referindo-se ao empate sem gols entre Suécia e Trinidad e Tobago, estreante em Copas. Para ele, uma vitória sobre o Brasil "não seria uma surpresa tão grande como aquela".Por sua vez, o zagueiro Igor Tudor se mostrou mais cauteloso, afirmando que o objetivo da equipe é o segundo lugar do grupo, que também inclui Japão e Austrália. "Somos favoritos para a segunda colocação, e isso não é ruim para nós". Tudor reconheceu que um empate já seria um resultado excepcional - a mesma opinião do meia Niko Kranjcar, autor do gol no empate por 1 a 1no amistoso entre as duas equipes, no ano passado. "Todas as equipes querem evitar a derrota para o Brasil, e, se isso acontecer, seria um grande resultado para nós", afirmou.O técnico croata já anunciou o time titular para enfrentar o Brasil: Pletikosa; Simic, Robert Kovac e Simunic; Srna, Tudor, Niko Kovac, Marko Babic, e Niko Kranjcar; Ivan Klasnic e Prso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.