Jens Dresling/AP
Jens Dresling/AP

Técnico da Dinamarca admite dificuldade para ir à Copa

Seleção treinada por Morten Olsen precisa de um tropeço da Bulgária para se garantir na repescagem

AE, Agência Estado

09 de outubro de 2013 | 18h56

COPENHAGUE - O técnico Morten Olsen reconheceu a situação difícil em que a seleção dinamarquesa se encontra na disputa pela vaga na Copa do Mundo de 2014. Faltando apenas duas rodadas nas Eliminatórias Europeias, a Dinamarca aparece em terceiro lugar no Grupo B e, além de ganhar seus jogos, depende de um tropeço da segunda colocada Bulgária para ir à repescagem - a líder Itália já garantiu a classificação direta para o Mundial.

"É uma situação da qual não gostamos, porque já não depende só de nós", disse o técnico dinamarquês, em entrevista ao site da Fifa. Nesta sexta-feira, a Dinamarca recebe a líder Itália. E depois também joga em casa, na terça, contra Malta. Enquanto isso, a Bulgária, que tem um ponto de vantagem (13 a 12), enfrentará Armênia e República Checa.

Em busca de sua terceira participação na Copa do Mundo, Olsen lamenta alguns vacilos da Dinamarca nesta edição das Eliminatórias. "Perdemos merecidamente na Itália (por 3 a 1, no ano passado), e isso sempre pode acontecer diante de um adversário tão forte. Mas, nos outros jogos, conseguimos criar diversas chances", argumentou o treinador. Para ele, a maior falha do time na competição foi não saber ter aproveitado tais oportunidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.