Thomas Sanson/AFP
Thomas Sanson/AFP

Técnico da França, Didier Deschamps critica retomada dos campeonatos na Europa

Treinador diz que jogos do Campeonato Alemão 'apenas se parecem com futebol'

Redação, Estadão Conteúdo

27 de maio de 2020 | 09h40

Treinador da seleção da França, atual campeã da Copa do Mundo, Didier Deschamps criticou nesta quarta-feira a retomada de campeonatos nacionais em países como Espanha, Alemanha e Inglaterra, considerando que isso se deve a razões econômicas e não esportivas. Em entrevista ao jornal francês Le Parisien, afirma que as partidas disputadas pelo Campeonato Alemão, após a paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, "(apenas) se parecem com futebol" e deixam uma imagem "incoerente".

"Vejo jogadores disputando uma partida com todo os elementos próprios do futebol: os contatos e as disputas de bola. Depois, olhamos para o banco e vemos os suplentes com máscaras e a dois metros de distância uns dos outros. Sinceramente, não percebo. O risco aumenta no banco? Que incoerência", sustentou.

O treinador francês ressalta que a volta das competições "responde, em primeiro lugar, a um problema econômico". "Espanha e Inglaterra, dois dos grandes países do futebol, estão planejando o regresso à competição porque estas (ligas) geram muitas receitas, mas a Inglaterra decidiu não retomar a liga feminina. Está tudo dito", disse.

Deschamps defende a decisão do governo francês de cancelar a temporada do futebol - tal como aconteceu em outros países como Holanda, Bélgica e Escócia - e elogia a postura do presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF, na sigla em francês), Noël Le Graët.

O técnico da seleção francesa se mostra também preocupado com a integridade física dos jogadores, que "em alguns casos vão disputar jogos de três em três dias e aumentar o risco de lesões".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.