Armando Babani/EFE
Armando Babani/EFE

Técnico da Inglaterra admite surpresa com queda precoce da Alemanha

Gareth Southgate se diz surpreso, mas afirma que eliminação alemã 'não muda nada' para a Inglaterra

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 15h50

Já classificado para as oitavas de final da Copa do Mundo, o técnico inglês Gareth Southgate não escondeu a surpresa pela eliminação precoce da Alemanha, nesta quarta-feira. Os atuais campeões mundiais caíram na fase de grupos ao serem derrotados pela Coreia do Sul por 2 a 0, no começo desta quarta.

+ Jornais repercutem eliminação da Alemanha da Copa: 'Maldição mundial'

+ Löw se diz 'chocado' com queda da Alemanha e despista sobre futuro na seleção

"É claro que estou surpreso. Não podemos assumir nada como garantido, as margens de erros são pequenas a cada jogo. É por isso que o futebol é algo tão empolgante. Mas isso não muda nada para nós", disse o treinador da seleção inglesa, véspera do confronto com a Bélgica, pelo Grupo G.

A Alemanha se despediu da Copa da Rússia com duas derrotas - para México e Coreia do Sul - e apenas uma vitória, sobre a Suécia, na rodada anterior. "É algo incomum ver este time sofrer assim, mas o nível de todas as seleções é muito forte. E eles enfrentaram rivais que exibiram um apuro tático muito bom, principalmente no contra-ataque."

 

Na avaliação de Southgate, a queda de uma das principais favoritas ao título não vai tornar a Inglaterra automaticamente como uma das candidatas a levar o troféu. "Acho que isso não terá nenhuma influência sobre nós. Lembramos que Holanda e Itália nem vieram para a Copa, assim como o Chile. Isso mostra que não há espaço para relaxar", alertou.

Inglaterra e Bélgica vão entrar em campo nesta quinta-feira, às 15 horas (de Brasília), para decidirem o primeiro colocado do Grupo G. As duas seleções já estão classificadas à fase de mata-mata.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.