Técnico da Inter de Milão sugere saída de Adriano

O técnico português José Mourinho mostrou toda sua sinceridade neste domingo, após a vitória da Inter de Milão sobre o Chievo, por 4 a 2. Com o atacante Adriano liberado para desfrutar de férias no Brasil e se recuperar de uma lesão muscular, o treinador afirmou que o jogador deveria considerar sua permanência no clube italiano em 2009."Digo de maneira muito honesta, em seu caso pensaria muito seriamente em permanecer aqui, onde tem uma determinada imagem, que é muito difícil de limpar, ou se é melhor para ele mudar sua vida profissional", disse Mourinho. Nesta semana, a imprensa italiana especulou que os brasileiros Adriano e Maicon teriam chegado bêbados a um treinamento, e por isso o atacante foi dispensado até o ano que vem.Apesar de sugerir a saída de Adriano, Mourinho garantiu que o atacante foi liberado por causa de um problema muscular, que o impediria de atuar nos últimos dois jogos da Inter no ano, e disse torcer por sua volta. "Eu, como técnico da Inter, espero que ele volte em 2 de janeiro com toda a equipe, depois das férias de fim de ano."Mesmo com o presidente da Inter, Massimo Moratti, também garantindo que Adriano não chegou bêbado ao treinamento, Mourinho ainda explicou melhor o motivo da liberação do atacante. "Com os 40 graus do Brasil se recuperará melhor do que com o zero grau de Milão", disse o treinador, aconselhando o brasileiro a superar as críticas da imprensa italiana. "Deve se recuperar de sua lesão e esquecer o que se tem falado dele nesta semana."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.