Técnico da Itália diz que passará a observar Amauri

Técnico da Itália diz que passará a observar Amauri

Lippi não garante que irá convocar atacante da Juventus para Copa, mesmo com documentação legalizada

AE-AP, Agência Estado

13 de abril de 2010 | 10h17

O técnico Marcello Lippi, da Itália, disse que irá começar a observar Amauri, depois que o atacante brasileiro da Juventus obteve a cidadania italiana. Depois de um longo período, o jogador teve a sua documentação legalizada na segunda-feira.

"A partir de hoje vou começar a seguí-lo, mas não há nenhuma garantia de que ele vai ser convocado [para a Copa do Mundo]", afirmou Lippi, nesta terça-feira.

Amauri, de 29 anos, tem enfrentado dificuldades para apresentar um bom futebol neste ano, tendo marcado apenas cinco gols no Campeonato Italiano, depois de ter feito 27 nas duas temporadas anteriores.

Lippi revelou que fala "muitas vezes" com Francesco Totti, capitão da Roma, que tem insinuado a possibilidade de voltar a defender a Itália, depois de ter se aposentado da seleção após a disputa da Copa do Mundo de 2006.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.