Franck Fife|AFP
Franck Fife|AFP

Técnico da Nova Zelândia lamenta derrota, mas elogia atuação contra o México

'Demos um grande passo. Nós dominamos o primeiro tempo', avalia Anthony Hudson

Estadao Conteudo

21 de junho de 2017 | 19h26

O treinador da Nova Zelândia, Anthony Hudson, lamentou a derrota de virada sofrida nesta quarta-feira para o México por 2 a 1, resultado que eliminou a seleção da Oceania da Copa das Confederações. Ainda assim, ele elogiou o comportamento de seu time durante a partida disputada em Sochi, na Rússia.

"Meu time foi muito bem nesta noite diante do forte time do México, que deu tudo para vencer. Demos um grande passo. Nós dominamos o primeiro tempo", avaliou o treinador, referindo-se ao melhor início da Nova Zelândia, que foi ao intervalo vencendo por 1 a 0.

O desempenho, aliás, animou Anthony Hudson para as próximas competições internacionais. "Nosso próximo passo é transformar essas grandes performances em grandes resultados", acrescentou o comandante neozelandês.

Com o resultado, a seleção mexicana chegou aos quatro pontos e assumiu a liderança do Grupo A. Os portugueses, com o mesmo número de pontos, estão em segundo porque tem um gol a menos (4 a 3). Já a Nova Zelândia, derrotada pela Rússia na estreia, tenta somar o seu primeiro ponto em sua última partida contra Portugal, neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.