Técnico da Ponte satisfeito com grupo

O técnico Marco Aurélio Moreira, da Ponte Preta, não demonstra nenhuma preocupação com as dificuldades que a diretoria está encontrando para reforçar o time visando o Campeonato Brasileiro. Ele aposta no atual elenco, que tem como base jogadores formados nas divisões do clube. "O grupo é muito bom. Falta alguma coisinha, mas vamos acertando aos poucos", disse o técnico.Mesmo com sua postura tranqüila, o técnico já ganhou dois reforços: o meia Marquinhos, da Portuguesa de Desportos, e o lateral-esquerdo André Silva, do Vasco da Gama. Os dois tiveram seus passes emprestados pelo clube e vão suprir duas posições consideradas carentes pela comissão técnica.A maior preocupação agora é encontrar um lateral-direito. Daniel, do Palmeiras, é o primeiro da lista e uma reunião entre os presidentes dos dois clubes pode definir a situação do jogador nos próximos dias. O passe é dividido, justamente, entre os Palmeiras e Ponte - 50% cada. A idéia é manter no elenco o ex-juniores Carlos Alexandre, mas contratar um jogador mais experiente. Neném, do Cruzeiro, e Pimentel, do Flamengo, também são cotados.Outro ponto acertado entre a comissão técnica e a diretoria é que o clube pode ir atrás de um atacante renomado desde que venha a negociar Washington, artilheiro do Campeonato Paulista, com 16 gols, e da Copa do Brasil, com 11 gols. O clube aguarda uma proposta oficial do exterior, em torno de US$ 6 milhões.Nesta sexta-feira, o elenco encerra a fase inicial da programação, com exames de avaliação física e médica. A partir da próxima semana, os jogadores vão iniciar os treinos com bola. Está confirmado também que o time passará 10 dias na Chácara Santa Filomena, em Jarinu, a partir do dia 20 de julho. A estréia da Ponte no Brasileiro será contra o Flamengo, dia 1º de agosto, provavelmente em Juiz de Fora-MG.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.