Técnico da Portuguesa lamenta não ter Edno e Christian

Pela primeira vez desde as lesões de Edno e Christian, o técnico da Portuguesa, Paulo Bonamigo, lamentou a ausência dos dois jogadores considerados como os melhores do elenco. A Lusa perdeu para o Brasiliense, na última terça-feira, na abertura da sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 18h37

"Chega nesses momentos complicados da partida que começamos a sentir saudade do Edno e do Christian, que estão mais entrosados com o restante do grupo. O Kempes e o Dinei, quando pegam um jogo assim, com um bom nível, ainda estão buscando um melhor conhecimento", explicou Bonamigo.

Com o revés, o time paulista perdeu uma invencibilidade de quase cinco meses em casa. A última derrota tinha ocorrido no dia 25 de janeiro - para o São Paulo -, logo na segunda rodada do Campeonato Paulista. Desde então, o time acumulava sete vitórias e cinco empates no Canindé.

"Ganhamos seis pontos fora. Mas vamos ter que reaprender a jogar em casa. É consciência nossa que não podemos jogar o que jogamos, senão teremos dificuldades na tabela. Além da boa atuação do adversário, ficamos devendo futebol", esbravejou Bonamigo.

Com a derrota, a Portuguesa segue com 11 pontos, provisoriamente em quinto lugar. O time paulista pode perder posições ainda nesta semana. Na próxima rodada, visita o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, no dia 27.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.