Max Rossi / Reuters
Max Rossi / Reuters

Técnico da Roma crê em virada histórica contra Barcelona: 'Devemos dar o máximo'

Di Francesco conta com o retorno do atacante Under, mas não poderá utilizar o meia Perotti

Estadão Conteúdo

09 de abril de 2018 | 13h18

O técnico da Roma, Eusébio Di Francesco, concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira, na véspera do duelo de volta contra o Barcelona, em casa, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. O treinador falou sobre a missão quase impossível de conseguir reverter a derrota por 4 a 1 no jogo de ida.

+ Após deixar comando de time chinês, Capello anuncia aposentadoria como treinador

+ Lazio bate Udinese e se aproveita dos tropeços dos rivais para assumir 3º lugar

"Devemos acreditar em algo importante e encarar a partida com paixão. Devemos dar o máximo e amanhã (terça-feira) é uma ocasião para demonstrar que podemos fazer algo importante", afirmou Di Francesco.

O técnico da Roma acredita também que a presença de 70 mil torcedores no estádio Olímpico possa fazer a diferença. "Precisamos acreditar porque em casa somos outra equipe. O mesmo que acontece com o Barcelona que joga bem no Camp Nou e fora de casa não tem a mesma força", prosseguiu.

O técnico da Roma também deu boas notícias aos seus torcedores. O atacante turco Cengiz Under está recuperado de lesão e fará parte da lista de relacionados. Em compensação, não poderá contar com o argentino Diego Perotti, que se machucou no duelo de ida contra o Barcelona.

"Poderia haver espaço para entrada de Schick, que busca mais o gol. Também posso optar pelo Under, que mostrou que está muito melhor e tem condições de começar entre os titulares", despistou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.