Stefano Lancia/EFE
Stefano Lancia/EFE

Técnico da Roma exalta boa fase de revelação turca, mas minimiza dependência

"Cengiz tem sido sensacional, mas prefiro manter o foco no time como um todo do que destacar individualidades"

Estadão Conteúdo

20 de fevereiro de 2018 | 19h42

O Roma vem embalada por três vitórias consecutivas no Campeonato Italiano. E o principal responsável por esse bom momento é o atacante turco Cengiz Ünder, de 20 anos, que marcou em todas essas partidas. Foram quatro gols anotados no total.

+ Confira a classificação do Campeonato Italiano

O técnico Eusébio Di Francesco, no entanto, tentou minimizar a dependência da equipe com o jovem centroavante e tratou de valorizar todo o elenco para o duelo contra o Shakhtar Donetsk nesta quarta-feira, às 16h45, fora de casa, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

"O Cengiz tem sido sensacional ultimamente. Ele está em ótima fase. Tem sido a chave para nossas vitórias, mas prefiro manter o foco no time como um todo do que ficar destacando individualidades. É a Roma que vai lá jogar amanhã (quarta-feira), não apenas o Cengiz. Estamos feliz em poder contar com ele conosco e tentaremos usar o talento que ele tem da melhor maneira possível."

Cengiz é uma das revelações da Roma na atual temporada. O atacante de 20 anos chegou ao clube em julho de 2017, contratado junto ao Istanbul, por 13 milhões de euros. Ele começou a ter mais chances recentemente. Tanto é que os gols nessas três partidas foram seus primeiros na competição.

TREINAR PARA O FRIO

O treinador também disse que precisou mudar os trabalhos durante a semana por conta do local do jogo. A previsão do tempo em Carcóvia, na Ucrânia, para a hora da partida é que os termômetros estejam entre oito e nove graus abaixo de zero.

"Nós aumentamos o ritmo para estar prontos. Claro que se cria um pouco mais de risco de lesão para os jogadores, mas a ideia é que todos cheguem em suas melhores formas, para aguentar o desgaste. Temos que jogar com garra, determinação e acreditar no resultado", finalizou.

Apesar das três vitórias consecutivas, a Roma está praticamente fora da disputa pelo título do Italiano. O time ocupa a terceira colocação, com 50 pontos, 16 a menos do que o líder Napoli. Sua preocupação está em se garantir no grupo que vai à Liga dos Campeões na próxima temporada. Por enquanto, tem dois de vantagem sobre a Inter de Milão, que está em quinto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.