Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

Técnico da seleção italiana na Copa de 1990 morre aos 84 anos

Federação disse que um minuto de silêncio em homenagem a Azeglio Vicini será realizado antes da partida desta quarta-feira entre Milan e Lazio

Estadão Conteúdo

31 Janeiro 2018 | 10h46

A Federação Italiana de Futebol confirmou nesta quarta-feira a morte do técnico Azeglio Vicini. Ele estava com 84 anos e foi quem conduziu a seleção da Itália ao terceiro lugar na Copa do Mundo de 1990, realizada no próprio país. A entidade explicou que Vicini morreu em Brescia, a cidade onde nasceu, mas não forneceu maiores detalhes.

+ Acompanhe o Estadão Esportes no Facebook!

+ Siga o Estadão Esportes também no Twitter!

Vicini foi o treinador da seleção italiana entre 1986 e 1991 e também conduziu a equipe até as semifinais da Eurocopa em 1988. Dois anos depois, a seleção italiana só foi derrotada na Copa do Mundo na disputa de pênaltis contra a Argentina, liderada por Diego Maradona, nas semifinais.

"Ele foi um homem extremamente importante para a minha vida no futebol", disse Salvatore "Toto" Schillaci, que foi o artilheiro da Copa do Mundo de 1990 ao marcar seis gols no torneio. "Ele me tornou conhecido em todo o mundo. Ele acreditava em mim e se eu sou o que sou, 80% do mérito pertence ao técnico Vicini", acrescentou. "Eu espero que o mundo do futebol o lembre como ele merece ser lembrado. Ele foi um treinador de outra era, um verdadeiro profissional, e os conselhos que ele me dava eram de pais".

A federação disse que um minuto de silêncio em homenagem a Vicini será realizado antes da partida desta quarta-feira entre Milan e Lazio, pelas semifinais da Copa da Itália, e também em todos os jogos do Campeonato no próximo fim de semana.

Vicini deixa sua esposa e mais três filhos. Ele também atuou como jogador profissional e sua última experiência como técnico foi na Udinese, entre 1993 e 1994.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.