Técnico da Suíça espera um jogo difícil contra Honduras

Apesar de reconhecer o favoritismo da Suíça na partida decisiva contra Honduras, na sexta-feira, pela última rodada do Grupo H da Copa do Mundo da África do Sul, o treinador Ottmar Hitzfeld afirmou nesta quarta-feira que espera uma partida difícil para a sua equipe.

AE-AP, Agência Estado

23 de junho de 2010 | 16h26

"Todo mundo espera que a Suíça vença facilmente a partida. Admito que desta vez os nossos oponentes não são os favoritos. Mas Honduras é um forte time. Estudei eles muito bem. É uma seleção com um ataque muito perigoso, assim como Chile e Espanha. Porém, não são tão eficientes como estas duas seleções", disse o técnico alemão.

Para se classificar às oitavas de final do Mundial, a Suíça precisa derrotar a Honduras e torcer para que a Espanha não vença do Chile. Se isto ocorrer, as duas vagas da chave serão definidas pelo saldo de gols. Ottmar Hitzfeld disse que evitará em saber o resultado da outra partida do grupo durante o primeiro tempo.

"Claro que estarei interessado em saber o placar do jogo entre Chile e Espanha. Mas não antes do intervalo. Nós queremos estar completamente concentrados no nosso jogo", disse o técnico.

Na Copa do Mundo de 2006, a Suíça se classificou para as oitavas de final da competição, mas foi eliminada pela Ucrânia na decisão de pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolSuíçaHonduras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.