Técnico de Gana diz que chance de vencer o Brasil é agora

O técnico de Gana, Ratomir Dujkovic, afirmou neste sábado que sua seleção tem chance de vencer o Brasil no duelo de terça-feira, em Dortmund, porque se trata de um jogo pelas oitavas-de-final, e não a decisão da Copa do Mundo. "É melhor enfrentá-los agora. Nas finais, não é possível vencer o Brasil", disse o técnico, que elogiou os talentos individuais da seleção, mas disse o time ainda não está bem coletivamente."Eles têm grandes talentos individuais, mas ainda não fizeram o que se esperava como um time tão estrelado que são", explicou o treinador. Dujkovic admite, no entanto, que terá de tentar parar os astros brasileiros. "Se você parar Ronaldinho, o Brasil tem Ronaldo. Se pára Ronaldo, tem Roberto Calos, Cafu... Todos são jogadores muito perigosos, mas acredito que podemos detê-los."O técnico admitiu ainda que, por mais que quebre a cabeça para encontrar um substituto para o volante Essien, suspenso por dois cartões amarelos, não conseguirá achar alguém à altura. "Esse atleta fará o melhor possível, mas não chegará perto de seu nível", afirmou.Para o capitão Appiah, porém, não é hora de falar em Essien. "Ele é um grande jogador e está triste, assim como estamos tristes por sua ausência. Mas temos de falar nos jogadores que vão estar em campo. O técnico vai encontrar um substituto", disparou o meia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.