Pavel Golovkin/AP Photo
Pavel Golovkin/AP Photo

Técnico de Portugal elogia Espanha, mas diz que não se satisfaria com empate

'Temos respeito por todos os adversários, mas sabemos que temos condições para ganhar', disse o comandante da equipe portuguesa

Estadão Conteúdo

10 Junho 2018 | 18h06

Cabeça de chave do Grupo B da Copa do Mundo, Portugal terá tarefa bastante complicada logo na estreia da competição. A seleção encara a Espanha, campeã mundial em 2010 e uma das favoritas ao título deste ano. Técnico do time português, Fernando Santos reconheceu a qualidade do rival.

+ México tem coaching motivacional por avanço às quartas pela 1ª vez como visitante

+ Coutinho se diz confiante em hexa na Rússia: 'Vamos sonhar com essa conquista'

+ Neymar celebra volta como titular e exalta momento da seleção: 'Tem que sonhar mesmo'

"Conhecemos a Espanha, um adversário poderosíssimo. Se olharmos para a equipe da Espanha, veremos jogadores campeões da Europa, campeões da Liga dos Campeões, da Liga Europa ou do Campeonato Inglês. Além disso, tem um grande treinador, que conhece muito bem os jogadores, mas nada que nos assuste", declarou.

Apesar dos elogios, Fernando Santos fez questão de apostar em seus comandados para o confronto que vai acontecer na próxima sexta-feira, em Sochi. Por isso, garantiu que não se daria por satisfeito com um empate.

 

"Temos respeito por todos os adversários, mas sabemos que temos condições para ganhar", disse. "Portugal vem aqui com ambição de entrar em cada jogo para vencer. Logo, não assinaria embaixo por qualquer outro resultado, como um empate", apontou.

Depois de encarar a Espanha, Portugal terá pela frente Marrocos, no dia 20 de junho, em Moscou, e o Irã, cinco dias mais tarde, em Saransk, fechando sua campanha na primeira fase.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.