Andrés Stapff|Reuters
Andrés Stapff|Reuters

Técnico de rival do São Paulo prevê desmanche antes de semifinal

Time colombiano pode perder até cinco titulares até jogo da Libertadores

O Estado de S. Paulo

25 de maio de 2016 | 17h45

O adversário do São Paulo na semifinal da Copa Libertadores está com problemas para manter no elenco os principais jogadores para o confronto, marcado para julho. Segundo o jornal El Colombiano, da cidade de Medellín, o técnico do Atlético Nacional, Reinaldo Rueda, admitiu ter dúvidas sobre o futuro dele e até do time, pois existe a possibilidade de até cinco jogadores saírem nas próximas semanas.

A primeira baixa confirmada é do atacante Jonathan Copete, contratado pelo Santos. "Mentalmente ele já foi embora há alguns dias e assim temos mais uns quatro casos. Infelizmente se não se vão fisicamente antes da Libertadores, psicologicamente já deixaram o clube antes. É algo preocupante", disse o treinador durante palestra na Universidade de Antioquia.

"Temos que levar em conta que hoje em dia os jogadores não são dos clubes, mas sim dos seus empresários. Lutar contra isso é difícil", afirmou o treinador colombiano. Rueda disse não saber se continua no clube no segundo semestre, pois teria de trabalhar em uma difícil reformulação do elenco.

Fora Copete, a imprensa colombiana afirma que outras possíveis saídas de titulares são do atacante Marlos Moreno, para o Benfica, e do atacante Victor Ibarbo, que pertence ao Cagliari e termina o contrato de empréstimo em junho. O jornal argentino Clarín publicou nesta quarta que o River Plate vai tentar a contratação do goleiro Franco Armani.

O São Paulo vive situação parecida, ao tentar negociar com o Porto a permanência de Maicon para depois do dia 30 de junho. O zagueiro foi contratado por empréstimo sem cláusula de renovação, ao contrário do atacante Calleri, que teve a continuidade no clube automaticamente prolongada até o fim da participação da equipe na competição.

A Conmebol confirmou nesta quarta-feira que São Paulo e Atlético Nacional vão se enfrentar pelas semifinais no dia 6 e 13 de julho. O primeiro jogo será no Morumbi e o segundo, na Colômbia. Quem avançar, pega na decisão quem levar a melhor do encontro entre Boca Juniors e Independiente del Valle, do Equador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.