Massimo Pinca / Reuters
Massimo Pinca / Reuters

Técnico deixa o Crotone após quarta derrota seguida na Itália

Time enfrenta o Sassuolo, fora de casa, na próxima rodada

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2017 | 12h38

Em má fase no futebol italiano, o Crotone está sem treinador. Nesta quarta-feira, o técnico Davide Nicola deixou o comando do clube, que soma uma série de quatro derrotas consecutivas em diferentes competições.

+ Lazio bate a Sampdoria de virada e segue caça aos líderes no Campeonato Italiano

+ Goleiro marca nos acréscimos, Benevento empata com Milan e soma seu 1º ponto

A mudança se dá após Nicola ter um desentendimento com membros da diretoria após a derrota por 3 a 0 para a Udinese, em casa, na última segunda-feira, pelo Campeonato Italiano. O resultado deixou o time em 16º lugar no torneio, dois pontos acima da zoa de rebaixamento.

Nicola assumiu o comando do Crotone em junho de 2016 e conduziu o time ao 17º lugar no Campeonato Italiano na sua primeira temporada na elite. Ao manter o time na primeira divisão, o treinador cumpriu uma promessa ao pedalar por 1.300 quilômetros no país.

O longo percurso realizado de bicicleta também foi uma forma de Nicola homenagear o seu filho, que faleceu aos 14 anos. O jovem pedalava quando foi atingido por um ônibus, em acidente que provocou a sua morte.

O nome do sucessor de Nicola no Crotone ainda não foi definido. O time voltará a jogar no próximo domingo, quando vai encarar o Sassuolo, fora de casa, pela 16ª rodada do Campeonato Italiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato Italiano de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.