Técnico deixa o Crystal Palace após sofrer goleada

O Crystal Palace anunciou nesta quarta-feira que Ian Holloway deixou o comando da equipe, em penúltimo lugar no Campeonato Inglês, de forma consensual. A sua queda acontece apenas um dia após a equipe ser goleada pelo Fulham por 4 a 1, em casa, pela oitava rodada do torneio nacional.

AE-AP, Agência Estado

23 de outubro de 2013 | 15h36

Holloway estava no comando do Crystal Palace desde novembro de 2012 e participou da campanha que levou o time de volta à elite do futebol inglês após um período de oito anos de ausência ao superar o Watford em um mata-mata da segunda divisão.

A direção do Crystal Palace confirmou a saída de Holloway, mas ainda não definiu o nome do seu substituto. Com apenas três somados em oito jogos do Campeonato Inglês, o time volta a entrar em campo no próximo sábado, quando vai receber o líder Arsenal.

Antes de Holloway, apenas um outro técnico havia ficado desempregado neste começo de Campeonato Inglês - o italiano Paolo di Canio, demitido do Sunderland.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCrystal PalaceIan Holloway

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.