Técnico deixa seleção checa depois de apenas um jogo

A Federação Checa de Futebol anunciou nesta terça-feira que não renovará o contrato do treinador Frantisek Straka, e já está à procura de um substituto. O técnico comandou a seleção nacional em uma única partida - venceu Malta por 1 a 0, em amistoso no dia 5 deste mês.

AE-AP, Agencia Estado

30 de junho de 2009 | 13h51

Straka assumiu o cargo em maio, depois que Petr Rada foi demitido devido à fraca campanha nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Os checos estão em quarto lugar no Grupo 3, com oito pontos. A Eslováquia tem 15 pontos, seguida por Irlanda do Norte e Polônia, com 13.

O presidente da federação, Ivan Hasek, afirmou que o favorito para a vaga é Karel Jarolim, atualmente no Slavia Praga. O nome do novo comandante será anunciado até o fim da semana, segundo a entidade.

Os checos enfrentam a Bélgica no dia 12 de agosto, em partida amistosa. No dia 5 de setembro, os checos enfrentam a seleção da Eslováquia, fora de casa, pelas Eliminatórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.