Técnico deixa seleção colombiana

O treinador Luis ?Chiqui? Garcia não é mais treinador da Colômbia. Com os dias contados após o mau resultado diante da Venezuela em 2 a 2 pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2002 e a falta de apoio do comitê executivo da Federação Colombiana de Futebol, que nesta segunda-feira sondou Paulo César Carpegiani para assumir o cargo, Garcia garantiu, em uma entrevista coletiva, que não tem mais clima para continuar a dirigir a equipe. ?A falta de apoio unânime demonstra que este não é o caminho para seguir com a seleção?, lamentou. Com a saída ?espontânea? do técnico, Carpegiani deve comandar o time no jogo contra a Argentina, dia 03 de junho. A Colômbia ocupa a quinta colocação na classificação geral, com 19 pontos, dois a menos que o Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.