Gabriel Bouys / AFP
Gabriel Bouys / AFP

Técnico diz que atacante croata Kalinic se negou a jogar 3 vezes e anuncia corte

Centroavante teria se aquecido normalmente e só então dito que sentia dor nas costas

Estadão Conteúdo

18 Junho 2018 | 13h14

O técnico Zlatko Dalic comunicou nesta segunda-feira que Nikola Kalinic foi desligado da seleção da Croácia que disputa a Copa do Mundo na Rússia. O treinador explicou que o atacante se recusou a jogar três vezes desde que o elenco se reuniu para treinar, uma delas na vitória por 2 a 0 da seleção croata sobre a Nigéria, no sábado, em Kaliningrado, palco da estreia do time nacional no Mundial.

+ Modric celebra gol em vitória e prevê evolução da Croácia na sequência da Copa

+ Mandzukic não promete igualar Croácia de 98, mas projeta boa campanha na Rússia

+ Técnico da Croácia mostra alívio por quebra de tabu na Copa do Mundo após 20 anos

"Nikola iria entrar no segundo tempo do jogo contra a Nigéria, mas ele disse que não estava pronto. A mesma coisa aconteceu durante a partida contra o Brasil, há duas semanas, e antes do treino de domingo. Foram três vezes. Eu calmamente aceitei e, já que preciso de atletas prontos para atuar, tomei minha decisão", relatou o treinador em nota divulgada pela Federação Croata de Futebol (HNS, na sigla em croata).

O técnico detalhou o que aconteceu contra a Nigéria: "Ele estava aquecendo, até que me disse que tinha um problema nas costas", disse Dalic. A HNS informou que o jogador vai pegar um voo ainda nesta segunda-feira em Roshchino, onde a seleção está treinando, de volta para a Croácia.

 

Com três pontos ganhos após a vitória na primeira rodada, a seleção croata lidera o Grupo D. O próximo compromisso da equipe comandada por Dalic será contra a Argentina, às 15 horas (de Brasília) desta quinta-feira, em Nijni Novgorod. Os croatas vão disputar a última partida na primeira fase contra a Islândia, também às 15 horas (de Brasília), no dia 26, em Rostov.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.