Peter Byrne/AP
Peter Byrne/AP

Técnico admite que Barcelona não é mais favorito em todos os jogos

Koeman tira a pressão de cima do time espanhol e diz ver a equipe em um patamar diferente em relação às últimas temporadas

Redação, Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2020 | 14h05

O técnico Ronald Koeman afirmou nesta terça-feira que os torcedores do Barcelona terão que se acostumar com um novo status do time catalão nas competições. Para o holandês, a equipe não é mais a favorita em todos os jogos que disputar, como aconteceu nas últimas temporadas.

"A pressão aqui é enorme, todo mundo exige que você vença todos os jogos. Mas a situação do clube é diferente agora e você tem que aceitar que não poderemos vencer o tempo todo", disse o treinador, na véspera da partida contra a Real Sociedad, a surpreendente líder do Campeonato Espanhol.

Acostumado a celebrar vitórias e títulos, o Barcelona vive temporada atípica. Nas últimas semanas, sofreu duras derrotas, como o revés diante do modesto Cádiz, no Espanhol, e o 3 a 0 da Juventus, na Liga dos Campeões, no Camp Nou. Na competição nacional, o time catalão faz o seu pior início em 33 anos.

"Eu posso entender as críticas quando você perde quatro ou cinco jogos, mas outro dia eu fui criticado por colocar um defensor em campo nos últimos minutos de jogo. E eu não pude compreender isso porque nós só queríamos a vitória", comentou Koeman.

O treinador, contudo, admitiu que o futebol apresentado pelo Barcelona está aquém do esperado. "Não podemos ficar felizes com nossos resultados até agora. Perdemos jogos que não deveríamos ter perdido. Estamos tentando melhorar as coisas e o resultado que obtivemos outro dia foi muito importante", afirmou, referindo-se ao triunfo sobre o Levante, pelo Espanhol, no domingo passado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.