Técnico diz que deixa Suécia se não for para Copa

O técnico Lars Lagerback disse neste domingo que vai deixar o comando da seleção sueca caso não consiga a classificação para a Copa do Mundo de 2010. No sábado, a equipe foi derrotada pela Dinamarca por 1 a 0, o que deixou a Suécia com chances de ir apenas para a repescagem das Eliminatórias Europeias.

AE, Agencia Estado

11 de outubro de 2009 | 14h33

Lagerback anunciou também que Roland Anderson vai entregar o cago de assistente em caso de fracasso sueco na tentativa de disputar a próxima Copa. "Renunciaremos dependendo do resultado, seja depois do Mundial da África do Sul, logo após a repescagem ou depois da última partida das Eliminatórias contra a Albânia", disse.

Com a vitória, a líder Dinamarca chegou aos 21 pontos, enquanto a Suécia permaneceu com 15, na terceira colocação do Grupo 1, atrás de Portugal, que assumiu o segundo lugar ao derrotar a Hungria por 3 a 0. Os vencedores das nove chaves se classificam para a Copa e os oito melhores segundos colocados disputarão uma repescagem.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSuéciaLars Lagerback

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.