Lee Jae-Won/Reuters
Lee Jae-Won/Reuters

Técnico diz que faltou experiência a sul-coreanos contra o Uruguai

Huh Jung-Moo diz que seleção ficará mais 'sólida' quanto tiver mais atletas atuando no exterior

AE-AP, Agência Estado

26 de junho de 2010 | 16h39

PORT ELIZABETH - Após a derrota da Coreia do Sul para o Uruguai por 2 a 1 em partida válida para as oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul, o treinador Huh Jung-Moo afirmou que falta experiência internacional aos seus jogadores. Apesar de sete titulares da partida deste sábado atuarem fora da Ásia, ele espera que nos próximos anos este número cresça.

Veja também:

mais imagens IMAGENS - Os melhores lances de Uruguai 2 x 1 Coreia do Sul

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

"Nós estamos progredindo, mas por outro lado temos que melhorar em outros aspectos. É muito importante que nosso jogadores atuem em ligas estrangeiras e também aprendam como enfrentar equipes de outros países", disse o técnico sul-coreano.

Quem concorda com a opinião de Huh Jung-Moo é Park Ji-Sung, principal atleta da Coreia do Sul que atua no Manchester United. "Nós temos que ter mais jogadores atuando na Europa. Isto fará com que as equipes asiáticas fiquem mais sólidas. Era uma grande chance para alcançarmos a semifinais da Copa do Mundo", lamentou o meia.

Ainda não há uma definição em relação ao futuro de Huh Jung-Moo na seleção sul-coreana, que assumiu a equipe em dezembro de 2007. "Eu estava apenas focado no Mundial e não sei o que vou fazer agora. Quero um tempo para descansar e ver o que vou fazer no futuro", comentou o técnico.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.