Técnico diz que Porto merecia vitória mais elástica

A vitória por 1 a 0 diante do Málaga, na última terça-feira, deixou o Porto em vantagem nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. A equipe pode até perder por um gol de diferença no dia 13 de março, na Espanha - desde que também marque ao menos um gol -, que estará classificada. Apesar disso, o técnico português Vítor Pereira não saiu de campo plenamente satisfeito. Ele considerou que seu time merecia um placar mais elástico pelo domínio imposto na partida.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 11h40

"Estamos em meio a uma fase eliminatória, com vantagem de 1 a 0. Ganhar era o objetivo, se possível sem sofrer gols, mas depois do jogo que fizemos acho que merecíamos pelo menos mais um gol, seria mais justo no meu ponto de vista. Trabalhamos muito para conseguir o 2 a 0, mas não foi possível. Estou muito satisfeito com o esforço da equipe", declarou.

Para Vítor Pereira, o Málaga, que chutou apenas uma bola a gol, teve desempenho prejudicado pela boa marcação do Porto. "Nossa identidade é essa, é assim que jogamos em Portugal, com iniciativa, tendo a bola e dominando o jogo. Reagimos de forma agressiva nos piores momentos e não permitimos que o jogo virasse para eles. Não ter a bola contra o Málaga é um problema e acho que limitamos o jogo deles", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.