Técnico diz que Portugal estará forte na Eurocopa-2012

Um dia após ser eliminado da Copa do Mundo da África do Sul pela Espanha por 1 a 0, o treinador Carlos Queiroz fez um balanço da seleção portuguesa na competição e afirmou que sua equipe estará preparada para a disputa da Eurocopa de 2012, que será realizada na Polônia e na Ucrânia.

AE, Agência Estado

30 de junho de 2010 | 16h57

"Vamos analisar, refletir o que esteve mal no Mundial e corrigir. Vamos aparecer mais fortes para o Campeonato Europeu, em melhores condições, com os jogadores bem preparados. Será um passo à frente", disse o técnico.

Ele afirmou que Portugal terá muito tempo a partir de agora para fazer uma boa preparação para a competição continental, além de conhecer bem o grupo português, dando a entender que deverá manter a base do elenco que disputou o Mundial.

"Isto é uma vantagem fantástica em relação aos próximos jogos. Mas temos de continuar a avaliar os elementos fora da seleção, que progridem nos clubes, analisar tudo, para dar um passo à frente nas competências totais", frisou Carlos Queiroz.

O treinador disse que apesar da seleção portuguesa ter sido eliminada nas oitavas de final, a campanha nesta Copa do Mundo foi honrosa. "Os jogadores têm todas as razões para estar de cabeça erguida, pois fizeram todo o Mundial com integridade, dignidade e ambição. Aos torcedores, digo que estou com a consciência tranquila. Não tenho a noção de missão cumprida, mas sim do dever cumprido", argumentou o técnico.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010PortugalCarlos Queiroz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.