Paulo Pinto
Paulo Pinto

Técnico diz que teve conselhos de Carlos Alberto Silva antes de assumir o Guarani

Morte de Carlos Alberto Silva, técnico campeão brasileiro com o Guarani, gerou muita comoção no clube

Estadao Conteudo

20 de janeiro de 2017 | 19h18

A morte de Carlos Alberto Silva, técnico campeão brasileiro com o Guarani em 1978, gerou muita comoção nos bastidores do clube campineiro. Agora com a responsabilidade de ocupar o cargo que já foi do ídolo, o atual treinador Ney da Matta falou sobre o falecimento do ex-colega de profissão, ocorrido nesta sexta-feira em Belo Horizonte.

O comandante bugrino, que foi contratado em dezembro e ainda não estreou em uma partida oficial, disse que recebeu conselhos de Carlos Alberto Silva. "Ele me deu conselhos em dezembro em relação ao Guarani. Todo clube tem jogadores como ídolo e aqui eu vejo o Carlos Alberto com uma identificação muito forte", lembrou.

Na conversa com o campeão brasileiro, Ney da Matta ouviu que o mais importante é saber agir com paciência diante da pressão que é treinar um time expressivo como o Guarani. "Ele falou: 'se você tiver paciência, trabalhar com equilibro, você vai ser feliz'", revelou.

Ao que tudo indica, o atual técnico assimilou o conselho do mestre, ao menos no seu discurso. Quando perguntado sobre o estágio da preparação, disse que ainda existem erros a ser corrigidos, mas que é preciso tranquilidade para corrigi-los.

Ney da Matta terá a oportunidade de corrigir esses erros em jogo-treino contra o Red Bull Brasil, marcado para as 10 horas deste sábado, no campo do hotel Bourbon, em Atibaia (SP). A estreia na Série A2 do Campeonato Paulista será às 11 horas do próximo dia 28, um sábado, contra o Oeste, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolFutebolCarlos Alberto Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.