JF Dorio/AE - 20/03/2011
JF Dorio/AE - 20/03/2011

Técnico diz que veteranos serão 'decisivos' para o Vasco na reta final

Cristovão Borges enaltece os jogadores mais experientes, como Diego Souza e Juninho Prenambucano

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2011 | 19h09

Embalado pela boa fase de Diego Souza, o Vasco vai consolidando sua liderança no Campeonato Brasileiro. Com dois pontos de vantagem sobre o vice-líder Corinthians e três sobre o São Paulo, os jogadores já projetam o clássico contra o time paulista no próximo domingo, em São Januário. Uma vitória, segundo os jogadores, será fundamental para dar mais tranquilidade nesta parte final da competição.

"É um confronto direto. Somar três pontos em partidas como essa passa a ser determinante. [Se vencermos] Vamos abrir uma vantagem boa e ainda evitamos uma aproximação de quem está brigando conosco", comentou o goleiro Fernando Prass no desembarque da delegação, nesta segunda-feira, depois da vitória contundente por 3 a 0 sobre o Cruzeiro.

"Fomos realmente muito bem contra o Cruzeiro. Criamos muitas oportunidades de gol e tivemos uma atuação convincente. Mas eles [Corinthians] também venceram e estão na briga", disse Prass.

Será uma semana inteira de preparação e, naturalmente, de ansiedade até a partida, que ganha ares de final. Para lidar com a pressão e a cobrança, o técnico Cristóvão Borges aposta na experiência de pilares da equipe, como Juninho Pernambucano, Prass, Eduardo Costa e Diego Souza.

"Precisamos dos jogadores decisivos, que já ganharam muito na carreira. Juninho, Diego Souza, Eduardo Costa e outros formam essa mescla boa que tem esse grupo. A experiência de quem sabe o que é ser campeão, suportar a pressão, é fundamental", disse o treinador, que manteve os atletas concentrados mesmo com o problema de saúde enfrentado por Ricardo Gomes.

Sobre a ótima fase de Diego Souza, autor de cinco gols nos últimos três jogos, Cristóvão prefere exaltar a qualidade do elenco cruzmaltino. "É a força de nosso conjunto que prevalece. Humildade e simplicidade, essas são nossas forças", destacou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.