Fabio Wosniak/ Atlético-PR
Fabio Wosniak/ Atlético-PR

Técnico do Athletico-PR mira título da Libertadores, mas critica 'turma do amendoim'

Tiago Nunes se anima com a boa campanha do time paranaense, mas pede para torcedores apoiarem também quando a equipe não estiver bem

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2019 | 23h33

A vitória por 1 a 0 sobre o Tolima, na Arena da Baixada, deu ainda mais confiança ao Athletico-PR na Copa Libertadores. Após a partida desta terça-feira, o técnico Tiago Nunes falou até em título e chegou a dar uma dura na torcida.

"Quero fazer um apelo ao nosso torcedor, porque bater palma quando está vencendo é fácil. Tem que apoiar e bater palma sempre, principalmente a turma que fica ali atrás de mim, a turma do amendoim. A exemplo do que um pai faz com um filho, dá confiança, dá carinho. É isso que a gente precisa, desse apoio da torcida, para conquistar objetivos maiores dentro da temporada", desabafou o treinador.

O técnico não poupou elogios aos seus atletas e mostrou otimismo com o elenco, ressaltando que acredita que esse grupo pode brigar pelo inédito título da Libertadores.

"Nosso time tem produzido muito bem em casa. Estamos com um sentimento de dever cumprido, sim. Isso trás muita confiança para o resto da competição. É importante. Se a gente conseguir manter esse ritmo e essa produtividade, temos condições de brigar pelo título", frisou.

Herói da vitória com o gol aos 33 minutos do segundo tempo, Bruno Guimarães comentou o bom momento e o lance que garantiu o resultado positivo para o Athletico. Mas ele não quis falar sobre as propostas que chegam do exterior. Especula-se que o Chelsea é um dos interessados no seu futebol e prepara proposta milionária.

"Fico muito feliz com a liberdade que o Tiago (Nunes, técnico) me dá para jogar. A gente conversou no vestiário para eu finalizar mais de fora. Eu recebi a bola, vi um espaço aberto e resolvi chutar. Que bom que deu certo. Fui abençoado com esse gol", comentou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.