Técnico do Atlético de Madri, Simeone prevê decisão complexa contra o Leicester

Leicester e Atlético de Madri se enfrentam nesta terça-feira

Estadao Conteudo

17 de abril de 2017 | 19h46

O técnico do Atlético de Madri, Diego Simeone, classificou o confronto contra o Leicester City, nesta terça-feira, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, na Inglaterra, como um jogo "parelho e complexo". O treinador acredita que a definição da vaga ocorrerá em um detalhe. "Não vai ser muito diferente da partida que se viu na Espanha: uma partida dura e com um resultado curto, onde os detalhes serão determinantes para uma ou outra equipe", projetou o argentino, que vê semelhanças entre as equipes.

"O Leicester vive dos detalhes, como nós vivemos dos detalhes também. É uma equipe de muito trabalho, equilibrada defensivamente e nós somos parecidos também nisso", avaliou Simeone.

Antes do treinamento do Atlético de Madrid no King Power Stadium, palco do jogo contra o Leicester City, nesta segunda-feira, Simeone falou sobre a expectativa em relação à partida em uma entrevista coletiva. O treinador procurou elogiar os seus comandados na véspera do duelo que pode colocar o time madrilenho mais uma vez nas semifinais do maior torneio europeu - chegou a duas das três ultimas finais da competição e foi vice nas temporadas 2013/2014 e 2015/2016.

"O melhor que está fazendo esta equipe nos últimos anos é competir. Jogar cada competição a faz diferente e é um ponto importante que este grupo tem", assegurou o treinador argentino. Simeone também prevê dificuldades pelo fato de os ingleses decidirem a vaga diante da sua torcida. "O Leicester se sente muito forte no seu com campo, com a sua torcida. Temos que estar preparados para levar a partida para onde imaginamos que podemos criar danos (para o adversário) e encontrar aquilo que vamos buscar", apostou.

Opinião parecida tem o zagueiro Diego Godín, capitão do Atlético ode Madri e titular da seleção do Uruguai. O jogador destacou o entusiasmo do grupo para a decisão contra os ingleses, mas ressaltou a necessidade de respeitar o adversário. "Respeitamos totalmente o rival, como fazemos sempre com as outras equipes. Esperamos uma partida dura, difícil. Lutaram em igualdade de condições conosco (no primeiro jogo), e como nós, querem estar nas semifinais", projetou o defensor.

Godín também elogiou o atacante Jamie Vardy, um dos principais nomes do Leicester City. O zagueiro garantiu que terá atenção especial com o adversário durante o embate. "Vardy é um jogador muito constante, que luta por cada bola. É um atacante muito complicado de marcar, tem que estar muito atento e concentrado para não deixar espaços", avaliou.

Por ter vencido o primeiro confronto contra os ingleses por 1 a 0, no estádio Vicente Calderón, em Madri, o Atlético de Madrid joga pelo empate na Inglaterra. Caso o Leicester City vença pelo mesmo placar da Espanha, haverá prorrogação e disputa de pênaltis. Mas, se os ingleses sofrerem gols, terão obrigatoriamente que derrotar os espanhóis por pelo menos dois gols de diferença.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol internacionalfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.