Técnico do Audax se descontrola em jogo-treino com Guarani

Ao reclamar com a arbitragem de uma não marcação de pênalti para seu time, Fernando Diniz invade o campo da equipe campineira

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2014 | 20h17

Famoso não apenas por implementar um estilo de jogo de muita posse de bola, mas também por perder a paciência durante os jogos, o técnico Fernando Diniz, do Osasco Audax, se descontrolou em um jogo-treino contra o Guarani, nesta terça-feira, no estádio Brinco de Ouro.

A confusão começou ainda no primeiro tempo da partida. Ao reclamar com a arbitragem de uma não marcação de pênalti para seu time, o técnico invadiu o campo de forma enfurecida e foi para cima do árbitro. Não fosse a comissão do Guarani, uma briga começaria no meio do gramado.

Passada a falta de disciplina de Fernando Diniz, o árbitro o mandou para fora de campo, de forma que ele nem pôde acompanhar o restante do equilibrado jogo-treino, que terminou empatado em 0 a 0.

Essa não é a primeira vez que Fernando Diniz, que chegou a ser cogitado para treinar o Santos no Paulistão, perde a cabeça durante uma partida. No jogo em que o Osasco Audax conquistou o acesso à elite do futebol paulista, por exemplo, o treinador foi expulso e teve que comemorar o feito das arquibancadas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolOsasco AudaxFernando Diniz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.