Técnico do Barbarense pede demissão

Bastante abatido pelos maus resultados dentro do Campeonato Paulista, o técnico Luís Carlos Martins resolveu deixar a direção do União Barbarense. Ele comunicou sua decisão por telefone, uma vez que descansa com a família em Bauru, no interior do Estado de São Paulo."Infelizmente não havia mais clima para continuar. O desgaste vinha sendo muito grande e, talvez, uma mudança possa ser benéfica para o clube", justificou Luís Carlos Martins, ainda lamentando a goleada sofrida para o Palmeiras, por 5 a 1, no domingo.Apesar dos apelos do presidente do clube, Roberto Mantovani Filho, que defendia a manutenção do treinador, a saída de Luís Carlos Martins foi confirmada pela diretoria do Barbarense.Sem recursos financeiros, o time de Santa Bárbara investiu pouco em contratações para o Paulistão e, por isso mesmo, não havia uma cobrança muito grande da diretoria sobre a comissão técnica.Por enquanto, não existe um substituto para o cargo. O nome mais comentado é o de Roberval Davino, que também é cotado para assumir a Matonense, que demitiu Mauro Fernandes após a derrota para a Portuguesa, por 2 a 0. O curioso é que Luís Carlos Martins também está na relação de possíveis técnicos do time de Matão.Com apenas nove pontos em nove jogos disputados no Estadual, o União Barbarense ocupa a 14ª posição e está seriamente ameaçado pelo rebaixamento. O seu próximo jogo será contra o União São João, domingo, em Araras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.