Alberto Estévez/EFE
Alberto Estévez/EFE

Técnico do Barcelona diz que conta com Arthur: 'Ninguém me disse que vai embora'

Quique Setién cobra foco do jogador na disputa da temporada, apesar da especulação de saída para a Juventus

Redação, Estadão Conteúdo

26 de junho de 2020 | 14h07

Em meio à disputa do restante da temporada que foi paralisada por três meses por conta da pandemia do novo coronavírus, o Barcelona tem que lidar com as especulações de transferências de alguns de seus jogadores. O nome da vez é o do volante brasileiro Arthur, que está acertando a sua ida para a Juventus, da Itália. Mas o técnico Quique Setién afirmou nesta sexta-feira que conta com o atleta em seu elenco.

"Ninguém me disse que o Arthur vai embora. Por isso, continuo contando com ele. É um jogador importante e vamos precisar dele. Vai viajar com a equipe, com sérias possibilidades de jogar diante do Celta. Por isso, espero que todo este ruído não o afete e impeça de dar o melhor de si", afirmou o treinador na entrevista coletiva para a partida deste sábado em Vigo, pela 32.ª rodada do Campeonato Espanhol.

A provável ida de Arthur para a Juventus está relacionada também com a transferência do meia bósnio Miralem Pjanic para o Barcelona, mais uma quantia em dinheiro, que seria 10 milhões de euros (R$ 54,7 milhões), para o clube espanhol.

"Qualquer jogador que esteja nesta situação tem de ter claro que a temporada não terminou e que falta jogar muita partidas importantes. Tem que acabar bem, deixar boas recordações e ganhar um título. Entendo que não temos outra possibilidade que não aceitá-lo, mas tem de haver profissionalismo e responsabilidade da parte dos jogadores até o último dia", disse Setién, em uma declaração que não caiu nada bem junto ao treinador da Juventus, Maurizio Sarri.

"Não gostei quando o treinador do Barcelona falou sobre Pjanic. Continua a ser um dos meus jogadores. Por isso, não irei falar sobre Arthur", atirou Sarri, em resposta ao técnico do Barcelona. "O Arthur é um jogador do Barcelona e não é correto eu falar dele. Não gostei quando o treinador do Barcelona falou do Pjanic porque o Pjanic é meu jogador neste momento e como não gostei não vou falar do Arthur".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.