Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Miguel A. Lopes/Reuters
Miguel A. Lopes/Reuters

Técnico do Bayern exalta Neuer após título europeu sobre PSG de Neymar e Mbappé

Goleiro alemão foi determinante para o triunfo bávaro ao fazer intervenções importantes em arremates da dupla do PSG

Redação, Estadao Conteudo

23 de agosto de 2020 | 20h32

Técnico do Bayern de Munique, o técnico alemão Hans-Dieter Flick exaltou o goleiro Manuel Neuer após a vitória por 1 a 0 sobre o Paris Saint-Germain na final da Liga dos Campeões da Europa, neste domingo, no estádio da Luz, em Lisboa, capital de Portugal.

Campeão da Copa do Mundo de 2014 com a Alemanha, Neuer foi determinante para o triunfo bávaro ao fazer intervenções importantes, com destaque para defesas em lances protagonizados pelo atacantes Neymar, do Brasil, e Kylian Mbappé, da França.

"São tantas as pessoas que merecem o crédito por esta vitória... Vimos a determinação que temos nesta equipe, o que obviamente é algo que se deseja como treinador. Foi uma partida em ritmo acelerado e de alta voltagem, com ocasiões para os dois lados. Temos o melhor goleiro do mundo, ele nos manteve em jogo em alguns momentos", disse o comandante alemão do Bayern em entrevista após o jogo.

O treinador, que assumiu o time no meio da temporada em substituição ao croata Niko Kovac, disse que sua equipe se comportou bem e tornou o jogo complicado para o PSG. Para Flick, o empenho coletivo foi fundamental. "Tornamos a vida realmente difícil para o adversário. Quando pensamos o quanto trabalhamos defensivamente até o final do jogo, vimos (Robert) Lewandowski correndo atrás da bola, foi incrível. Foi uma exibição completa", destacou, mencionando seu atacante polonês.

Cotado para o prêmio de melhor jogador do mundo, Lewandowski não foi o único atleta do setor ofensivo elogiado por Flick. O técnico do Bayern também exaltou o ponta francês Kingsley Coman, autor do gol da vitória. "Talvez ele tenha finalmente saído da sombra de (Franck) Ribéry e (Arjen) Robben nesta temporada. Kingsley tem um talento incrível e mostrou esta noite que também pode marcar gols", afirmou o treinador, mencionando os antigos craques das pontas do time bávaro.

Ele ainda fez questão de celebrar. "Não estabeleci prazo para a festa acabar. É justo comemorar quando se ganha. Tem que haver festa e não sei quando vai acabar", admitiu Flick, que também levou o Bayern de Munique aos títulos do Campeonato Alemão e da Copa da Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.