Rogerio Morotti/ Divulgação
Rogerio Morotti/ Divulgação

Técnico do Botafogo-SP faz mistério sobre quem jogará com o Palmeiras

Régis Angeli ainda deixa dúvidas sobre meio-campo e ataque

Estadão Conteúdo

10 de abril de 2015 | 18h33

Jogo decisivo merece um tratamento todo especial. Prova disso é que o técnico Régis Angeli decidiu pela primeira vez fazer mistério desde que assumiu o Botafogo, de Ribeirão Preto (SP). O treinador deixou dúvidas no meio de campo e no ataque para o duelo contra o Palmeiras, neste domingo, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Por jogar fora de casa, a tendência é de que Angeli aposte novamente na presença de um atacante isolado. Diogo Campos e Giancarlo devem brigar pela vaga única. "Não tem porque a gente já confirmar os 11 titulares, isto pode desmotivar o elenco", justificou.

No meio de campo, o técnico apostará em uma formação mais cautelosa com as presenças Liel, André Rocha e Bruno Costa. Na armação, quatro jogadores disputam duas vagas. Rodrigo Andrade e Vítor são favoritos na briga com Wesley e Zé Roberto. "Ainda temos tempo para decidir o time, então eu foquei os treinamentos na condição física e no preparo de jogadas", despistou.

O Botafogo deve entrar em campo com Renan Rocha; Gimenez, Eli Sabiá, Halisson e Dênis; André Rocha, Liel, Bruno Costa, Rodrigo Andrade e Vítor; Diogo Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo-SPcampeonato paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.