Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Técnico do City poupará Fernandinho e mais seis na final da Supercopa

Jogadores não jogarão final contra o Arsenal neste domingo porque se apresentaram somente esta semana por conta da Copa de 2014

Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2014 | 14h32

O Manchester City entrará cheio de desfalques para enfrentar o Arsenal na decisão da Supercopa da Inglaterra, domingo, no Estádio Wembley. Nesta sexta-feira, o técnico Manuel Pellegrini confirmou que a equipe terá oito desfalques. Além de Negredo, lesionado, serão sete poupados. Demichelis, Kompany, Zabaleta, Sagna, Fernandinho e Agüero se reapresentaram somente esta semana, por conta do desgaste da Copa do Mundo, e estão fora. Lampard, recém-contratado, também não está em suas condições ideais de jogo.

"Todos os jogadores que chegaram na segunda-feira não estarão prontos para jogar no domingo. Estes jogadores tiveram uma pré-temporada especial durante a semana e isso vai continuar na semana que vem", declarou Pellegrini. "O Lampard não está pronto para jogar. Nós vamos ver se ele está pronto para jogar no Campeonato Inglês."

Apesar dos muitos desfalques, Pellegrini celebrou o fato de começar a temporada quase sem contusões no elenco. A exceção é o atacante Álvaro Negredo. Ele fraturou o pé direito durante um amistoso há cerca de três semanas e será desfalque para o City por até três meses.

"Neste momento, o elenco não tem problemas de contusão, só o Álvaro Negredo. Ele está se recuperando bem, mas ainda tem pelo menos dois ou três meses que ele não vai jogar", comentou. "Ele está em Carrington, trabalhando em coisas diferentes para que não tenha problemas", completou.

Apesar de poupar diversas peças, Pellegrini exaltou a importância da partida de domingo e de começar a temporada com um título. "Não é uma partida amistosa. É uma partida importante contra um importante time do Arsenal. Acho que será um jogo muito bom. É importante para os dois times vencer, então vamos tentar fazer isso."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.