Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Técnico do Corinthians sai em defesa do volante Cristian

'Os que reprovam o gesto nunca fizeram um gol na vida', disse Mano Menezes, sobre a comemoração do jogador

Marcel Rizzo - Jornal da Tarde,

17 de abril de 2009 | 12h58

SÃO PAULO - Enquanto o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) quer explicações sobre a polêmica comemoração de Cristian, no clássico entre Corinthians e São Paulo, no último domingo, no Pacaembu, Mano Menezes sai em defesa do seu jogador. O técnico chegou a questionar o critério de avaliação daqueles que veem problemas na vibração do volante, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista.

 

Veja também:

linkMano diz que Corinthians não fará retranca no domingo

forum VOTE: qual será a final do Paulistão?

tabela Campeonato Paulista - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"Não sei se muito dos que reprovam [o gesto de mostrar o dedo médio para a torcida adversária] já fizeram um gol na vida", disparou Mano. "Fazer um gol já é algo muito especial na vida de um atleta. Em um clássico, mais ainda. Fazer um gol aos 47 minutos do segundo tempo, em um clássico, é ainda mais importante", disse.

 

Pelo seu gesto, o volante Cristian foi chamado a prestar depoimento nesta sexta-feira, no TJD, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), a partir das 14 horas. O departamento jurídico do Corinthians defende a tese de que o jogador não fez o ato de caso pensado e apenas comemorou no banco de reservas.

EXEMPLO

Para defender seu jogador, Mano foi além. O técnico corintiano chegou a citar a comemoração de Keirrison, na vitória por 4 a 1, sobre o Santos, ainda na primeira fase do Paulistão. Na ocasião, o palmeirense fingiu atirar com uma metralhadora em direção à torcida.

"O Keirrison mesmo se empolgou e não falaram nada. É um ato natural, no momento de uma comemoração", resumiu o técnico.

 

Denunciado ou não, o certo é que Cristian estará à disposição de Mano para a segunda partida da semifinal. Com o 2 a 1 do primeiro jogo, o Corinthians joga por um empate para se classificar à final.

São Paulo e Corinthians se enfrentam neste domingo, 19, às 16 horas, com acompanhamento do estadao.com.br e transmissão ao vivo da Eldorado/ESPN, também pelo FM 107,3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.